Correio de Cachoeirinha – 11.12.15

Setor alimentício enxerga oportunidade de expansão nos presentes de Natal

Data reconhecida como uma das melhores para o comércio terá menor ticket médio, comparado à 2014

O Natal é uma das datas mais comemoradas no mundo, tanto para consumidores quanto para lojistas. Apesar do momento de instabilidade econômica, o setor de alimentos terá a entrada de novos compradores para este fim de ano. Em 2014, o ticket médio para compras de Natal estava em R$ 86,00. Este ano, o ticket baixou para R$ 50,00 e isto trará novos negócios para o setor de alimentos, equilibrando a economia do segmento. Conforme o gerente geral da Dipam Gaúcha, Flávio Kafruni, as famílias que compravam presentes caros para dar, este ano optarão por panettones e outros alimentos típicos natalinos.

- 2015 será o ano dos “presentes familiares”. Os avós e pais e costumavam presentear com algum eletrodoméstico ou eletrônico, neste ano optarão por alimentos natalinos e lembranças – afirma.

Ainda de acordo com o gerente geral da Dipam Gaúcha, estes novos consumidores equilibrarão as contas do setor de alimentos. Mesmo com a crise, a expectativa da Dipam Gaúcha Distribuidora é manter o mesmo volume de negócios de 2014 e aumentar o número de unidades vendidas.

O cenário de presentes familiares coincide com a estratégia da Bauducco nas vendas deste ano. Conforme a gerente de marketing da empresa, Renata Del Claro, a estratégia para driblar a crise é manter a qualidade dos produtos e torná-los itens de presente, que agradam a todos os públicos com um desembolso baixo.

- Este ano, o panettone de 1Kg ganhou nova embalagem, com aspecto mais nobre, com tons de dourado e um laço vermelha, que a tornam um belo item para presentear. Há também a linha especial, com dois lançamentos, panettone com uva passa, damasco e crosta de amêndoas e chocottone com laranja cristalizada e crosta de amêndoas – detalha.

A gerente de marketing ressalta que ambos produtos também estão disponíveis em lata para presentear.


11-12-15-CCa-Dipam