Dipam 30 anos: uma receita de sucesso

Distribuidora de alimentos celebra três décadas marcadas pela valorização de colaboradores, profissionalismo e prestação de serviço

Ao celebrar 30 anos de história como referência no segmento de distribuição de alimentos, a Dipam Gaúcha abre a receita do seu sucesso. A lista de ingredientes traz uma gestão visionária, marcas de qualidade, ambiente favorável, valorização de colaboradores, prestação de serviço, profissionalismo e estabilidade.

A história da empresa começou em setembro de 1987, quando iniciaram as operações da unidade, localizada na Avenida Ipiranga, motivada por um contato da antiga marca Tostines.

- Eu trabalhei nove anos na Biscoitos Filler, o que possibilitou que um cliente, o Mercados Real, intermediasse o contato com a Tostines, que estava no início das operações no país. Aluguei um prédio e nem avalista eu tinha, foi tudo no peito e na raça. Comecei a Dipam com uma promotora de vendas, um responsável pela tirada da nota fiscal, um rapaz no depósito, eu e mais uma pessoa para fazer as vendas – recorda o diretor-presidente Claurio Thadeu Ferreira.

No ano seguinte, a Nissin chegou ao Brasil e, ao se espelhar no modelo de distribuição da Tostines, buscou empresas para apresentar seus produtos. Ali iniciava a maior parceria da Dipam, que viria a engrossar em 1995, com o contrato com a Ajinomoto. Atualmente, as duas marcas são o carro-chefe da distribuidora, responsável por 60% da receita. O restante do faturamento da empresa dá-se através de outras seis grandes marcas: Sakura, Fleischman, Ovo Maltine, Hershey’s, Bom Jesus e Barilla.

Com o crescimento da Dipam, a unidade se transferiu para Canoas em abril de 2004 e, em 2009, se instalou novamente na capital gaúcha.

- Sacrifiquei muito da minha vida nos primeiros anos de atividades da empresa. Muitas e muitas vitórias, algumas derrotas, mas é este legado que deixou: 30 anos. Me considero um homem muito feliz, feliz pelo que faço e feliz por ver ao meu redor os colaboradores satisfeitos, pois o que eu destaco sempre é que esta não é uma empresa de um dono só. Me orgulha muito ver que tenho colaboradores com 30, 20, 15, 10 anos de casa, o que também fortifica a organização – afirma Ferreira.

O diretor financeiro da Dipam, Luiz Sartori, atuando 15 anos na empresa, destaca três aspectos principais, responsáveis pelo seu legado.

- Está no DNA da empresa trabalhar com produtos líderes. Nosso foco nunca foi em preço, mas em qualidade. Além disso, a gente sempre cobra muito a prestação de serviço à indústria. Por fim, o Claurio, com suas características marcantes, como a atenção aos detalhes e a visão de futuro, com uma percepção apurada – destaca Sartori.

Ao longo da sua trajetória na distribuidora, o diretor financeiro destaca ainda a profissionalização, o que fez com que a empresa se tornasse mais madura. Fato que para Sartori, foi um dos responsáveis pela expansão estável e gradativa da Dipam.

O bolo está crescendo

As dificuldades econômicas que se alastraram pelo Brasil nos últimos dois anos impuseram desafios para a Dipam Gaúcha. A empresa, no entanto, não deixou de crescer.

- Nós devemos usar a crise e apresentar um diferencial. Há um encolhimento nas grandes redes, então, atualmente procuramos desenvolver o pequeno e médio varejo. A nossa projeção, principalmente para o segundo semestre de 2017, com a perspectiva de estabilidade política e econômica é atingirmos a casa dos dois dígitos – projeta o diretor-presidente.

De olho neste futuro próximo, a Dipam fechou contrato com duas novas empresas: Haribo, a maior empresa de balas de gelatina do mundo; e, Natural One, linha de sucos e chás naturais.

Ingredientes especiais

Exemplos da estabilidade e valorização da empresa, quatro colaboradoras praticamente misturam o seu desenvolvimento pessoal e profissional com o da Dipam.

A coordenadora financeira Graciela Hermes celebrou, em 1° de novembro, 12 anos de casa. Iniciou como recepcionista e atuou como auxiliar de cobrança até chegar à função atual.

- Antigamente pensava para onde iria crescer, pois a estrutura era pequena, mas a Dipam foi crescendo e eu estava junto. Eu acompanhei este desenvolvimento, assim como a empresa me acompanhou. Acredito que foi uma troca justa – destaca Graciela.

Para a coordenadora financeira, a principal marca na sua trajetória foi a mudança da Dipam de Canoas para Porto Alegre, em 2009.

Já a encarregada de faturamento Isabel Cristina Oliveira Machado, com 15 anos de empresa celebrados em 22 de outubro, tem outra recordação relevante.

- Em 2003 fechamos a marca de vendas em R$ 1 milhão. Ali eu vi que eu fazia parte do crescimento da empresa. Eu vi acontecer e cresci junto com a Dipam – recorda Isabel, destacando as oportunidades de formação para o seu crescimento pessoal, proporcionados pela organização.

Já a profissionalização e a mudança de sistema foram os principais acontecimentos que marcaram os 15 anos de trajetória da gerente comercial Marli Rossato, comemorados no dia 14 de maio.

- A evolução no sistema trouxe mais opções de informações e foi uma grande inovação. Além disso, a criação de cargos de analista e gerentes de produtos formalizaram a profissionalização da empresa. Ao longo destes anos vi que estou caminhando junto com a Dipam, além de conquistar novas formações – relata Marli.

Uma das coordenadoras de logística, Tais Peiter Pereira, comemorará em 19 de abril, 20 anos como colaboradora.

- O que a empresa cresceu, eu também cresci. Me formei, fiz amizades, tive meus filhos e, planejo voltar a estudar, pois recebo muito apoio da empresa – afirma.

Apesar do crescimento da Dipam, o clima na empresa é como uma grande família. O ambiente tranquilo, a estabilidade e a qualidade na relação entre empresa e colaborador, é a principal característica compartilhada tanto pela direção quanto pelos funcionários.

- Todo mundo tem a sua vida pessoal e profissional e temos que ser felizes nas duas. Nós devemos estar aqui para ser justo com as pessoas. Acho que somos uma grande família – considera Sartori.

O incentivo aos colaboradores passa, também, pelo investimento em cursos, capacitações voltadas à área de atuação e, auxílio financeiro para formação universitária.

Redação: Francine Malessa / Coordenação: Marcelo Matusiak