Menores, gostosos e requintados: os chocolates mais procurados na Páscoa

Mesmo em meio ao cenário econômico de recessão, Dipam Gaúcha Distribuidora projeta aumento de pelo menos 25% nas vendas de produtos Kisses e Bauducco

Em 2016, mais do que nunca, o consumidor que vai às compras na Páscoa não está apenas de olho no sabor do chocolate e, sim, atento ao preço. Diante dos altos preços de ovos de chocolate, linhas que oferecem produtos mais acessíveis estão se destacando. A projeção da Dipam Gaúcha Distribuidora é de crescimento de pelo menos 25% nas vendas da linha Colomba da Bauducco. O mesmo índice é esperado para o chocolate Kisses da Hershey´s. Para chegar a números tão otimistas, o gerente comercial da Dipam Gaúcha, Flávio Kafruni, explica que a empresa investiu forte na equipe de vendas.

- Um dos motivos para tanto crescimento em um momento econômico ruim foi a mudança organizacional na empresa. Como as vendas estão aquecidas para esses itens, pudemos contar com a entrada de novos vendedores em diversas regiões do estado como Vale dos Sinos, Região Metropolitana e Litoral. Além disso dispusemos equipes específicas para Porto Alegre e para o setor de Food Service. Houve necessidade de aumentar a frota de veículos e quadro de vendedores em 8% – afirmou.

Uma tendência observada nos últimos anos é o crescimento dos supermercados de bairro, que investem na proximidade com o público e na facilidade de acesso pelos consumidores.

- Colocamos uma equipe focada nas lojas de conveniência, que são considerados os grandes supermercados de bairro. Por contar com um público fiel, esses estabelecimentos tornaram-se importantes no mercado – completou Flávio.

A estimativa da Dipam Gaúcha Distribuidora é que do total de vendas, aproximadamente 50% estejam direcionadas a esse perfil de estabelecimento. O restante se divide praticamente meio a meio (25%) entre redes de supermercados e pequenos estabelecimentos como padarias, mercearias e armazéns.

A maior dificuldade para o setor é enfrentar a alta de preços motivada pela flutuação cambial. Insumos importados aumentaram 35%, açúcar aumentou 37%, Liquor de Cacau aumentou 25% e manteiga de cacau subiu 12%. A partir disso, os itens de menor valor ganham força. A sugestão de preços para o consumidor final deve ficar em valores que variam de R$ 17,00 à R$ 20,00, no caso do chocolate Kisses.